Funidelia

A mais completa colecção de fatos relacionados com Star Wars em www.funidelia.pt

A Clone TV nas XIII JORNADAS Y EXPOSICIÓN HOLORED ESTELAR SEVILLA (2016)

A Clone TV voltou à cidade de Sevilha, no passado dia 15 de Outubro de 2016, para mais uma visita às Jornadas y Exposición HoloRed Estelar Sevilla.

Entrevista a David M. Santana, um stormtrooper recrutado entre os "nuestros hermanos"

Com regresso marcado em Rogue One e por ocasião da sua visita a Sevilha para participar nas JEHES XIII, a Clone TV esteve à conversa com o actor para saber mais sobre a sua experiência nos estúdios Pinewood e a sua carreira.

Super Star Wars

Vê aqui os vídeos de gaming dedicados ao clássico Super Star Wars (SNES) jogados pelo Mário Cunha da Clone TV.

Rogue One: Uma História Star Wars

Consulta aqui as mais recentes notícias sobre o filme Rogue One: Uma História Star Wars que irá estrear no próximo dia 15 de Dezembro de 2016.

quinta-feira, 31 de dezembro de 2015

Réplica da nave que é um símbolo da franquia 'Star Wars' tem 7.500 peças e muitos detalhes

Quando eram crianças, provavelmente o vosso carrinho feito de Lego não se parecia exactamente com um carrinho. Pelo menos o meu não parecia. Mas há pessoas que são realmente boas nisso, como é o caso deste fã que decidiu unir Star Wars, pecinhas de Lego e muito, muito talento. De acordo com o site Mashable, um ano antes de estrear o filme Star Wars: O Despertar da Força, o entusiasta de Lego Marshal Banana resolveu criar uma réplica da icónica nave Millennium Falcon, que ficou famosa por ser o veículo do personagem Han Solo. Ele passou um ano a desenvolver o projecto da nave e a juntar as 7,5 mil peças de Lego.

Para causar inveja em nós, meros mortais, a nave tem 90 centímetros de comprimento e vem com luzes nos motores e até torres de artilharia. A réplica é melhor e mais bem detalhada do que a maior Millennium Falcon feita de Lego até hoje, que tinha 5 mil peças. Vale conferir as fotos da nave de Han Solo:







Fotos de Flickr/marshal-banana

STAR WARS: DESPERTAR DA FORÇA: ILHA DA CENA FINAL É ABERTA PARA VISITAS


Segundo informações da MTV americana, Skielling Michael, a ilha localizada na Irlanda onde foi gravada a cena final do novo filme de Star Wars, está aberta para visitas de turistas.

De acordo com o notícia, existe por lá um monastério cristão, construído no século VI. A ilha fica a sudoeste da costa do país e não é muito visitada, pois não é muito fácil chegar lá. Por causa do filme de J.J. Abrams, o sector de turismo irlandês espera um aumento de visitas.

Nesse local, foi gravado a última cena do filme, que mostra Rey (Daisy Ridley) a entregar um sabre de luz para Luke Skywalker (Mark Hamill). Um dos momentos mais emocionantes, pois vemos os dois personagens frente a frente ao som da canção composta por John Williams.

Fã de “Star Wars” ganha figura de presente – 30 anos depois

Com o sucesso do filme “Star Wars: O Despertar da Força”, os brinquedos ligados à saga ficaram entre os mais vendidos neste Natal. Para um fã da saga, porém, ganhar uma figura Luke Skywalker como presente foi uma das maiores surpresas de sua vida: afinal, o brinquedo tinha 30 anos.

Isto deu-se porque em 1983, antes do lançamento do filme “O Regresso de Jedi” nos cinemas, a mãe do rapaz comprou um boneco do personagem Luke Skywalker por uns meros US$ 2,50. Ter-se-à, no entanto, esquecido de dar a prenda ao filho. Só que agora, a prenda que custou cerca de 2,5 dólares vale muito mais! Praticamente todos os brinquedos derivados da primeira parte da saga se transformaram em itens coleccionáveis e podem alcançar quantias astronómicas nos sites de leilão. Em 30 anos, o brinquedo, que nunca chegou às mãos do então menino teve uma valorização de 8.000% e poderá valer cerca de US$ 310, de acordo com o site Toyworth.

A foto do brinquedo foi postada no site Imgur com a legenda: “A minha mãe comprou isto nos anos 1980 e ficou esquecido no fundo da gaveta. Hoje ela achou e deu-me de presente de Natal! Estou maravilhado! Vou guardar este brinquedo para sempre!”


Site permite criar introdução de Star Wars


Dificilmente encontrarão fãs mais felizes neste final de ano do que os fãs de Star Wars. A saga ganhou um novo filme – que está a ser um sucesso nas salas de cinema de todo o mundo – e com ele, muito buzz.

Não foram por isso poucas as grandes empresas ofereceram diversas atracções e ferramentas com a temática galáctica. O Google, por exemplo, permitiu que seus usuários transformassem as suas contas de acordo com o lado da força que escolhessem. Além disso, a marca criou um jogo que transforma o smartphone num sabre de luz.

A última novidade abre espaço para a criatividade. O site Star Wars Intro Creator dá a oportunidade de editar a introdução dos filmes iniciada pela clássica frase "A long time ago in a galaxy far far way". A divertida ferramenta também pode ser compartilhada nas redes sociais.

Fonte: adnews.com.br

DiCaprio rejeitou personagem de 'Star Wars'.

Numa altura em que Guerra das Estrelas: O Despertar da Força continua a ser um êxito de bilheteiras mundo fora, Leonardo DiCaprio revela que esteve prestes a participar no franchise mas que recusou o convite de George Lucas de interpretar o papel de Anakin Skywalker (depois entregue a Hayden Christensen) nas prequelas da saga.

"Tive uma reunião com o George Lucas sobre isso mas, naquela altura, não me sentia pronto para aceitar esse desafio", explica o actor de 41 anos em entrevista ao site Shortlist.

DiCaprio acrescentou também que durante a década de 90 recusou ainda outro papel, o de Robin em Batman Para Sempre, e explicou: "Muitas pessoas podem olhar para a minha carreira e achar que houve um período em que eu tentei tornar-me numa estrela de cinema e entrar em grandes produções. Acho que tenho sido consistente com os meus sonhos e com o que tenho feito como actor".

Fonte: dn.pt

Argumentista de Star Wars: próximo filme vai ser “esquisito”

Lawrence Kasdan é o argumentista de vários filmes da saga Star Wars, como O Império Contra-Ataca (V), O Regresso de Jedi (VI) ou O Despertar da Força (VII). Ao jornal Los Angeles Times, Kasdan afirmou que os episódios 8 e 9 da saga serão bastante originais. O realizador é Rian Johnson, um amigo de Kasdan.

"Estes filmes vão ser todos muito diferentes. Rian Johnson é um amigo meu – e ele vai fazer qualquer coisa esquisita", afirmou Kasdan. "Se já viram o trabalho do Rian, sabem que não será igual a nada que já tenha surgido em Star Wars. Não podiam ter escolhido três pessoas mais diferentes do que J. J. [Abrams], Rian e Colin [Trevorrow, que vai realizar o episódio IX]."

Johnson já realizou Looper: Reflexo Assassino (2012), com Bruce Willis e Joseph Gordon-Levitt, e ainda A Ponta de Um Crime (2005), também com Gordon-Levitt.

Apesar de o filme de Rian Johnson só ser esperado em 2017, poderá matar saudades do universo Star Wars com Rogue One, um filme sobre um grupo de rebeldes que se envolve numa missão para roubar os planos da Estrela da Morte (a estação espacial do Império Galáctico). Sai em Dezembro de 2016 e a realização é de Gareth Edwards.

O argumentista Lawrence Kasdan também está ocupado com os filmes sobre Han Solo, que se centram na personagem quando tinha cerca de vinte anos. Para criar a história da sua personagem preferida (pelo que disse ao LA Times), Kasdan conta com a ajuda do filho, Jon.

Fonte: sabado.pt

"Star Wars" passa os mil milhões de dólares em receita mundial

Só foi preciso esperar 12 dias para ver "O Despertar da Força" ultrapassar os mil milhões de dólares em receita bruta de bilheteira em todo o mundo. O primeiro "Star Wars" lançado pela Disney foi o filme mais rápido de sempre a atingir esta marca. Para tal, bastaram os $153,5M da América do Norte (melhor segundo fim-de-semana de sempre naquele mercado) e os $133,3M do resto do mundo registados neste segundo fim-de-semana. 

Outros dados importantes: nos EUA, "O Despertar da Força" é já o segundo filme com maior receita em 2015 e o quinto maior de sempre. A nível mundial é o quinto do ano e o 15º maior de sempre. A nível individual, logo a seguir aos norte-americanos, o segundo maior mercado até ao momento é o Reino Unido com $92,2M. A seguir vêm a Alemanha ($54,3M), a França ($47,8M), a Austrália ($35,7M), o Japão ($31,3M), o México ($20,2M), a Espanhna ($19,9M), a Coreia do Sul ($18,8M), a Itália ($18,2M), a Rússia ($18,0M), o Brasil ($15,9M) e a Suécia ($10,9M).

No que diz respeito a "Star Wars", a China - o segundo maior mercado em todo o mundo - só entra em cena a 9 de Janeiro. Entretanto, pertencem-lhe os filmes que registaram a segunda, terceira e quinta maior receita mundial durante o fim-de-semana. A estrela local Deng Chao co-realiza e protagoniza a comédia "Devil And Angel" novo líder do box-office chinês com $55M no primeiro fim-de-semana nas salas ($79M com o valor obtido nas antestreias). Em segundo fim-de-semana, o épico "Mojin – The Lost Legend" fez $44M, para um acumulado de $183M. Por fim, o policial "Mr. Six" chegou aos $27M.

Nos EUA, a melhor estreia foi a comédia "Pai Há Só Um!" com Mark Wahlberg e Will Ferrell. Chegou a uns excelentes 38 milhões de dólares.

Mais abaixo, mas dentro do esperado esteve o novo filme de David O. Russell, um dos favoritos para chegar às nomeações dos próximos Oscars. "Joy", com Jennifer Lawrence, estreou com $17,5M.

Fonte: rtp.pt

Star Wars Battlefront não terá mais conteúdo baseado em O Despertar da Força


Um representante da Electronic Arts fez saber que, além do DLC ‘Battle of Jakku’, actualmente não existem planos para disponibilizar um novo pack de conteúdos para o jogo Star Wars Battlefront baseado no filme Star Wars: O Despertar da Força.

O pack ‘Battle of Jakku’ inclui os mapas Graveyard of Giants e Goazan Badlands, que podem ser utilizados nos modos Supremacy, Walker Assault, Cargo e Droid Run, assim como um modo de jogo para 40 jogadores designado como Turning Point.

A Electronic Arts já anunciou que durante o próximo ano irá disponibilizar quatro novos packs de conteúdos para Star Wars Battlefront.

Fonte: Ubergizmo

Famosos interpretam as suas cenas favoritas de Star Wars


Star Wars: O Despertar da Força estreou e bateu recordes um pouco por todo o lado. A MTV International já o antevia e por isso uma equipa do canal dedicou uma parte de diversas entrevistas ao longo do ano à franquia espacial da Lucasfilm. Assim, eles reuniram um conjunto de momentos com estrelas de Hollywood a interpretar o que, para eles, são os momentos mais marcantes da saga Star Wars.

Tem James McAvoy (Victor Frankenstein) a dizer que tem mais poder do que poderia imaginar e Natalie Dormer (Game of Thrones) a pedir ajuda a Obi-Wan. Liam Hemsworth, Jennifer Lawrence e Josh Hutcherson (Jogos Vorazes) imitam Chewie e Tom Hiddleston revela a sua devoção a Darth Vader.

Vejam aqui em baixo:

STEPHEN COLBERT EXPLICA O ‘STAR WARS’ A NÃO-FÃS


O mundo está, neste momento, dividido em dois: os que gostam de Star Wars e estão super entusiasmados com o novo filme; e os que nunca viram um filme e não compreendem todo este hype. Felizmente para os segundos existe Stephen Colbert.

No seu último programa, Colbert pegou num artigo do Wall Street Journal que dá conta de que a saga é relativamente desconhecida na China para fazer um breve resumo da história aos não-fãs. Um resumo em menos de 3 minutos para veres aqui:

CANAL NO YOUTUBE REFAZ A TRILOGIA STAR WARS COM VISUAL 8-BIT


O canal do YouTube Cinefix voltou à carga, desta vez com uma versão 8-bit (com um pouco de 16-bit) da trilogia original de Star Wars. Com a estreia de Star Wars: O Despertar da Força, o CineFix lançou a sua versão da história criada por George Lucas. 

Vejam o vídeo abaixo:


O vídeo começa com Uma Nova Esperança, e avança para O Império Contra-Ataca, com Luke a escapar do planeta Hoth ao estilo dos jogos de Mega Man. O fim chega-nos com o Regresso de Jedi, com Leia a eliminar o Jabba the Hutt.

Da pornografia ao tempo, como o Star Wars conquistou o mundo

No centro de Dublin, um monumento transformou-se num gigantesco sabre de luz, enquanto na Internet as vendas de filmes pornográficos de Star Wars disparam.

A febre do Star Wars está a esgotar cinemas, mas a reflectir-se também noutros campos mais inesperados. Desde monumentos que mudam de aspecto em honra da estreia do novo filme, até a uma previsão meteorológica temática, o regresso da saga de ficção científica está a ser comemorado de várias formas.

Uma dessas formas parece ser o aumento da popularidade da pornografia temática dedicada à saga. De acordo com o site GameLink, dedicado à venda de filmes pornográficos, só as vendas do filme Star Wars XXX, lançado em 2012, aumentaram 500 por cento desde o início do mês. Esse filme teve um dos maiores orçamentos de sempre na indústria pornográfica.


"O aumento de vendas desta paródia é representativo de uma tendência muito maior de aumento de vendas de todo o tipo de merchandise relacionado com o Star Wars, o que mostra a ligação forte que os fãs têm com os filmes", disse ao site Mashable o representante do GameLink, Jeff Dillon. 

Essa multiplicação do merchandise da saga reflecte-se, por exemplo, nas previsões de lucro da Disney, empresa mãe da produtora do Star Wars, que espera uma receita de 2,5 mil milhões de dólares em bilheteira, mas cerca de o dobro em receitas por venda de produtos associados. Por exemplo no campo da moda, lojas de roupa como a Hot Topic ou marcas de maquilhagem como a CoverGirl criaram produtos específicos para agradar aos fãs.

Em Dublin, monumento nacional torna-se em sabre de luz

A Spire, uma estrutura de 121 metros de altura no centro da capital irlandesa, foi transformada num gigante sabre de luz através de uma instalação luminosa azul, lembrando as armas dos Jedis. Nas redes sociais, eram muitas as expressões de entusiasmo para o aspecto da enorme estrutura, que iluminou Dublin pela noite adentro.


Meteorologista consegue fazer 12 piadas de Star Wars em 40 segundos

A previsão do tempo nunca foi mais geeky do que quando, esta terça-feira, Sian Welby começou a fazer as previsões para o Reino Unido.


Em apenas 40 segundos, e pelo meio das indicações acerca do tempo no dia seguinte, Welby conseguiu fazer uma série de trocadilhos diferentes relacionados com a saga de ficção científica, desde "if you Luke farther west", (um trocadilho entre look, "olhar", e Luke Skywalker, e farther west, em que farther soa como "pai" mas também significa "mais para oeste") até "se for forçado a despertar cedo".

Empresas tecnológicas juntam-se ao fanatismo

As redes sociais não quiseram ficar excluídas do entusiasmo que rodeia o novo filme da saga Star Wars. Enquanto o Facebook lançava novos stickers das personagens para usar na seu chat, e o Twitter criou emojis relacionados com a saga que também podem ser utilizados.

No Spotify, os utilizadores podem mesmo descobrir, através dos gostos musicais, se se pertence ao lado da Luz ou ao lado Negro da Força.

Fonte: dn.pt

Star Wars. Máquina de fazer dinheiro Jedi a Jedi


Bonequinhos de plástico com Luke Skywalker, Princesa Leia ou Han Solo são dos itens mais procurados pelos fãs de Star Wars, dispostos a pagar muito dinheiro por qualquer produto relacionado com a galáxia criada por George Lucas. Cerca de 40 anos depois o merchandising em torno da saga é uma indústria de muitos, muitos milhões. 

Tudo começou no Natal de 1977. Star Wars tinha estreado, tudo indicava que ia ser um blockbuster, mas a Kenner, empresa com quem George Lucas, tinha fechado acordo para a produção dos bonecos da saga não tinha produto para dar aos fãs. Muitos receberam caixas vazias, com um certificado para a compra dos bonecos Luke Skywalker, Princesa Leia, Chewbacca e R2-D2, que só chegaram às lojas no ano seguinte. 


“Kenner lidou com a situação de forma brilhante. Foi um momento incrível na história dos action figures”, diz à Adweek Joe Ninivaggi, senior global marketing manager da Hasbro, empresa que comprou a Kenner em 1991. Hoje a empresa tem 140 figuras relacionadas com a saga e é uma indústria que vale muitos milhões na empresa que tem no seu portefólio a Barbie ou os GI Joe.

As figuras desse pacote original da Kenner – a Meggo Corp, inicialmente abordada pela equipa de George Lucas para produzir os bonecos, disse que não. A empresa abriu falência em 1982 – são ainda muito procuradas pelos fãs. “O apelo contínuo das personagens principais dos filmes podem ser traçados ao seu estatuto universal que pode ser encontrado por toda a literatura, lendas populares e cultura popular”, diz Christopher Bensch, vice-presidente do National Museum of Play, à AdWeek. 

Os itens costumam atingir valores altos em leilões: um fã pagou 27 mil dólares por un boneco de Boba Fett (o mercenário que capturou Han Solo). 


Em Portugal, a loucura Star Wars não atinge valores tão elevados, mas no OLX há uma página dedicada à venda de produtos relacionados com a saga. DVD, CD, livros, bonecos, legos, capas para telemóvel, roupa e até bilhetes para as sessões de cinema estão disponíveis no site. Ao todo são 1300 itens, incluindo o robot BB-8, a grande novidade de O Despertar da Força, controlado através de smartphone. 

Darth Vader passeou por Lisboa

JOÃO CÉU E SILVA

Estávamos a um dia da estreia oficial do sétimo episódio de Star Wars em Portugal, quando o Darth Vader e um Storm Trooper foram vistos a passear por Lisboa.

A dupla foi apanhada na Avenida Fontes Pereira de Melo, devidamente vestida e armada, provocando muitos sorrisos por quem passavam, uma prova que os fãs em Portugal também sentiram o entusiasmo com o regresso da saga.

Sabem quem eram este Darth Vader e este Stormtrooper que mereceram notícia no DN?

Google transforma smartphones em lightsabers para celebrar Star Wars


A Google anunciou praticamente nas vésperas da estreia de Star Wars: O Despertar da Força uma nova experiência Chrome baptizada de “Lightsaber Escape”, em parceria com Disney, LucasFilm e Industrial Light & Magic. O jogo, ou aquilo a que a empresa chama de "Star Wars interactive web experience”, começa a partir de um site construído para simular o interior de um Star Destroyer, no qual o visitante deverá usar seu smartphone para controlar um lightsaber para escapar da Primeira Ordem. 

O funcionamento é simples: ao entrar no site Lightsaber Escape o usuário é informado que precisa digitar uma url móvel no browser do seu smartphone. Ao digitar a url no smartphone o dispositivo passa a exibir uma série de passos para que o visitante possa configurar seu smartphone para interagir com o site do desktop.

Uma vez configurado, o que vão ver na tela do vosso desktop é a luz de um lightsaber a ser empunhado por uma pessoa (neste caso, vocês) e comandado como se o vosso telefone fosse o punho da arma, movimentando-se o mesmo para se defenderem dos disparos dos inimigos. 

Diz quem já experimentou (nós não conseguimos no nosso computador) que a experiência é muito divertida e funciona com smartphone Android ou iOS.

O game é considerado um "Chrome Experiment" porque só funciona quando a url do desktop é activada através do Chrome. A ideia dos Chrome Experiments foi lançada pela Google em 2009 e actualmente há mais de mil experiências criadas por programadores que, instigados pela Google, testaram os limites do HTML5 e JavaScript para mostrar o que pode ser criado na web.

CARRIE FISHER DIZ QUE POLÉMICA 'SLAVE LEIA' É 'ESTÚPIDA'

Lembram-se da polémica relacionada com o célebre biquíni que a princesa Leia é obrigada a utilizar por Jabba the Hutt quando aprisionada, que supostamente seria retirado dos materiais promocionais de Star Wars por imposição da Disney?

Por mais opiniões que tenham circulado entre os fãs desde que a notícia surgiu, nunca tínhamos ouvido a opinião da atriz Carrie Fisher, a princesa em pessoa.

A atriz abordou o assunto em conversa com o Wall Street Journal, dizendo que toda a discussão era "estúpida".

Tudo começou com as queixas de um pai, quando uma publicação sua proliferou nas redes sociais, com este a queixar-se que a retalhista Target vendia merchandise da 'Slave Leia', cuja aparência este não queria explicar à filha.

"E que tal dizer à filha que a personagem estava a usar aquele uniforme porque foi obrigada, não porque queria," disse Fisher ao LA Times. "Ela é prisioneira de um testículo gigante, que tem imensa saliva por todo o lado e que a obriga a utilizar aquilo. É, em última análise, uma corrente, que me indicas como algum tipo de acessório, que é utilizado para matar o testículo da saliva."

Fisher não falou muito mais acerca de Star Wars: O Despertar da Força, apesar de garantir que Leia "não tem qualquer ferimento mortal ou doença, apesar dos acontecimentos da vida dela terem sido difíceis".

Leia, de acordo com Fisher, "prendeu-a ao universo Star Wars, ela é "um marco do porquê de ser importante ter figuras femininas poderosas e importantes". O uniforme de escrava é parte do porquê de ser tão poderosa. É uma parte terrível da vida dela, algo que teve de ultrapassar".

Fonte: pt.ign.com

'Star Wars' é estudado por filósofos para entender 'ambiguidade moral'


Como qualquer filósofo poderá dizer, há muito mais em "Star Wars" do que um monte de naves espaciais, sabres de luz e princesas.

Rica em mitologia, simbologia e teologia, há décadas a franquia de filmes passada numa galáxia muito, muito distante tem-se mostrado uma arca do tesouro para filósofos confinados à Terra, despertando discussões como a natureza do bem e do mal, o livre arbítrio e o determinismo, a profecia do escolhido e a verdadeira essência da Força.

"Star Wars é muito poderoso porque ajuda-nos a entender a nós mesmos nos lados claro e escuro da Força. Percebemos isso nas nossas vidas quando sentimos o impulso da gratificação imediata, mas ao mesmo tempo um desejo de conquistar metas de longo prazo", disse George Backen, professor de filosofia da Universidade Adams State, no estado americano do Colorado.

"George Lucas obteve uma mistura perfeita de mito, Flash Gordon, faroestes e cultura japonesa, e ela realmente ecoa nas pessoas", acrescentou.

Há mais de 30 anos, académicos, estudantes e pessoas de fé recorrem a 'Star Wars' como plataforma para explorarem temas como ambiguidade moral, o relacionamento entre pais e filhos, conceitos de beleza feminina e o anseio por algo a mais na vida.

Agora eles podem explorar novos tópicos (ou aprofundar aqueles) com a estreia de "Star Wars: O Despertar da Força".

Antes ainda da estreia, Kevin Decker, professor de filosofia da Universidade Eastern Washington e coeditor do livro "The Ultimate Star Wars and Philosophy" dizia "Pergunto-me se o tema de 'O Despertar da Força' é uma espécie da abordagem pós-11 de Setembro, na qual antigas certezas são abaladas e as coisas que considerávamos confiáveis são questionadas" .

Decker, que viu os seis filmes da saga mais de 100 vezes, também está de olho em mudanças radicais no conceito da Força como árbitro definitivo do que é bom ou mau.

A espiritualidade é outro tema central de "Star Wars". George Lucas terá dito há cerca de 15 anos atrás que a Força incorpora "um conceito de religião baseado na premissa de que existe um Deus e existe bem e mal".

Mesmo em Portugal há quem se questione sobre estes temas, como bem o demonstra o blogue "Pataniscas Satânicas" que se debruçou recentemente sobre a Fantasia e o poder do Monomito em Star Wars.

Fonte: globo.com

Protagonista de clássicos de Kurosawa recusou viver Obi-Wan e Darth Vader em ‘Star Wars’


Conhecido pelos clássicos “Rashomon” e “Os Sete Samurais”, do mestre Akira Kurosawa, o actor Toshiro Mifune deixou passar a oportunidade de interpretar dois ícones do cinema. Segundo a filha dele, Mika Mifune, em entrevista no lançamento da Tóquio Comic Con, ele foi convidado por George Lucas para dar vida a Obi-Wan Kenobi e Darth Vader em “Star Wars”.

Ouvi o meu pai dizer que George Lucas lhe ofereceu o papel de Obi-Wan Kenobi. Porém, o meu pai ficou preocupado sobre como o filme ficaria e se afectaria a sua imagem de samurai, na qual o criador de “Star Wars” baseara o personagem e o estilo de luta”, afirmou Mika, salientando que os filmes de ficção científica eram mais modestos e sem os efeitos avançados dos dias actuais.

Além de Obi-Wan, de acordo com Mika, George Lucas convidou Toshiro Mifune para viver o ícone de “Star Wars”. “Houve uma conversa para o papel de Darth Vader, no qual ele ficaria com a máscara o tempo todo. No final do dia, porém, ele recusou também”, disse.

Contam as lendas que outros actores que recusaram personagens em “Star Wars” foram Al Pacino, Jack Nicholson, Burt Reynolds, Robert De Niro e James Caan.

Lin-Manuel Miranda foi o responsável pela música da cantina em Star Wars: O Despertar da Força

Quando o compositor John Williams se afastou da responsabilidade de escrever a música para a cantina do novo Star Wars: O Despertar da Força, J.J. Abrams pediu ao compositor do musical Hamilton, Lin-Manuel Miranda, que tratasse do assunto.

Num recente episódio do Tonight Show with Jimmy Fallon, Abrams contou como Miranda se envolveu no projecto. Tudo começou quando se dirigiu ao realizador quando este foi ver Hamilton com a família, brincando ao dizer que gostava de escrever a música para as cenas na cantina.

Abrams falou com ele mais tarde — e Miranda disse que "deixaria tudo para trás" para fazer isso. "Nunca tínhamos discutido o assunto antes, ele pode matar-me por revelar isto", disse Abrams.

Podem ver o próprio a contar a história no vídeo que se segue:


Miranda é o compositor, criador e estrela de Hamilton, o musical que tem apaixonado a Broadway ultimamente.

Star Wars: O Despertar da Força chegou às salas de cinema portuguesas no dia 17 de Dezembro.

Fonte: pt.ign.com

Star Wars ganhou cinema temático


A cidade de Omaha, no estado de Nebraska (EUA), lançou um cinema temático de Star Wars, cuja decoração inclui Estrela da Morte, bilheteira em forma de estação espacial, o trono do Imperador Palpatine, entre outros mimos para os fãs da saga.

Vejam na galeria em baixo as fotos do cinema temático:

Curiosos sobre o peso de Yoda?

Não, ainda não estamos cansados das novas curiosidades sobre o universo de Star Wars. Desta vez o físico Rhett Allain, que escreve para o site Wired, calculou o peso de Mestre Yoda. Para isso, o físico usou leis reais da física e, no processo, pode ter descoberto um segredo sobre a cena em que Luke está a treinar em Dagobah.

Para medir o peso do Mestre Jedi, Allain baseou seus cálculos em apenas uma cena de Star Wars Episódio V: O Império Contra-Ataca, em que Yoda ensina Luke a se tornar um Jedi - e para isso, Skywalker precisa erguer as duas pernas usando apenas uma mão.

Vejam no vídeo abaixo, aos 00:58 - e divirtam-se com a música que colocaram por cima do áudio original:


De acordo com Allain, a escolha dessa cena seria essencial para que, do ponto de vista de um físico, fosse possível recolher o maior número de informações.

"A questão é o centro de massa. Se o sistema Luke-Yoda está em equilíbrio, então o centro de massa do sistema inteiro precisa ser diretamente acima da mão de Luke no chão", afirmou o físico.

Allain estipulou os seus cálculos baseando-se nas seguintes afirmações:

  1. O planeta Dagobah é como a Terra.
  2. A distribuição de massa e a própria massa de Luke é como a de um ser humano normal.
  3. Luke tem 1,75 metros de altura e pesa 68kg.
  4. Existem apenas duas forças externas no sistema Luke-Yoda: a força gravitacional e a força do chão. Nos seus cálculos, a Força não é considerada de facto uma força.

No seu estudo, Allain explica que, para calcular a distribuição de massa de um ser humano, é necessário considerar os cinco pontos de massa: tronco, braços e pernas. Ele usa então esses valores para calcular o centro horizontal de massa da figura de uma mão do sistema Luke-Yoda. Vejam em baixo:


Para saber exactamente os cálculos que Rhett Allain usou, podem ler o artigo completo em inglês.

O resultado é realmente interessante: para que Luke pudesse segurar Yoda num pé, fazendo o pino apenas com uma mão, o Mestre Jedi precisaria de pesar -43,7kg - ou seja, Yoda teria massa negativa. O que significaria, na conclusão de Allain, que o Mestre Yoda estaria a usar a Força para segurar Luke naquela posição.

"Mesmo que Luke estivesse assim sem Yoda, o seu centro de massa seria 12cm para a direita de sua mão. Ele cairia. Porque está então Yoda a usar a Força e não Luke? Luke não sabia o que estava a fazer, ele era apenas um estudante (...) Yoda estava a ajudar Luke, porque ele queria que o padawan sentisse uma pequena sensação de realização após o seu fracasso na caverna", concluiu o físico.

Fonte: br.ign.com

George Lucas sente-se como "pai divorciado" em relação ao novo "Star Wars"

George Lucas, a mente criativa por detrás da saga "Star Wars", que não teve qualquer participação no filme "Star Wars: O Despertar da Força", disse ter sentimentos ambíguos sobre o filme, comparando-se a um pai divorciado que vai ao casamento de um filho.

George Lucas, que vendeu a franquia à Disney há três anos atrás, conjuntamente com a Lucasfilm, disse ao jornal Washington Post que não teve nenhuma relação com "O Despertar da Força", que estreou mundialmente no passado dia 18 de Dezembro.

Apesar dos relatos iniciais darem conta de que Lucas estaria presente como consultor, o realizador contou que a Disney "não gostou" das estórias que ele delineou para as três novas sequências.

"Não existe isso de trabalhar por cima do ombro de alguém", afirmou Lucas ao Post numa entrevista entretanto publicada. "Ou és o ditador ou não és. E fazer isso nunca funcionaria, por isso eu disse 'vou me divorciar'... Eu sabia que não me poderia me. Tudo que faria seria atormentá-los. Eu me atormentaria. Provavelmente estragaria uma visão - J.J. (Abrams, o novo realizador) tem uma visão, e é a visão dele".

À altura da conversa Lucas disse que iria ver o filme, que reúne Harrison Ford, Carrie Fisher e Mark Hamill, três membros do elenco original de 1977. Lucas afirmou que assisti-lo seria como ser um pai divorciado que vai ao casamento de um filho crescido.

"A minha ex vai estar lá, a minha nova esposa vai estar lá, mas terei que respirar fundo, ser uma boa pessoa, aguentar a coisa toda e simplesmente aproveitar o momento, porque as coisas são assim e é uma decisão consciente que tomei".

Topps tem novas colecções Star Wars em Portugal


Depois da colecção Journey to Star Wars: The Force Awakens, a Topps volta a apresentar em Portugal duas colecções relacionadas com Star Wars.

Desta vez temos direito a uma nova colecção de cartas, com a particularidade de serem jogáveis - a colecção Star Wars: Force Attax. Esta colecção já se encontra à venda e, à semelhança da anterior, poderão adquirir as cartas através das habituais saquetas ou tins e há ainda um "pack" para quem se inicia que inclui um dossier. As saquetas custam 1€.


Além desta colecção há ainda uma colecção de cromos que será publicada em duas fases. Neste momento já podem adquirir a caderneta (caso sejam compradores da revista Lego Star Wars a edição de Dezembro traz a caderneta incluída) e há ainda as saquetas de cromos que custam 0,80€.


Clone TV - "Haul" do Natal 2015 (Prendas Star Wars)

Chegou mais uma noite de Natal e todos os presentes estão abertos. Na Clone TV receberam-se, como já é tradição por estas alturas, algumas prendas relacionadas com Star Wars. Fica aqui um pequeno resumo do que se recebeu. 

E que a Força esteja convosco, sempre! 

Saibam mais sobre o projecto em http://www.facebook.com/videocast.clone.tv !
Qualquer sugestão, dúvida, proposta ou outro assunto relacionado enviem mail para tv.clone@gmail.com .

sexta-feira, 18 de dezembro de 2015

Star Wars: O Despertar da Força tem abertura de outra de galáxia!


STAR WARS: O DESPERTAR DA FORÇA foi número um no dia de estreia em Portugal, com uma quota de mercado de 71%. Cerca de 39.000 pessoas foram assistir à estreia do filme mais aguardado do ano, originando uma receita de bilheteira superior a 241.000 euros apenas no primeiro dia.

Com este arranque arrasador, STAR WARS: O DESPERTAR DA FORÇA tornou-se em Portugal, na maior abertura de um filme de imagem real da Disney, na maior abertura de sempre de um filme da Disney (fora da época de férias) e na maior abertura de 2015 (fora da época de férias).

A nível internacional, o sucesso mantêm-se, batendo recordes nos vários mercados em que já estreou.

Houve um Despertar da Força também em Portugal. Sentiram-no?

O Cinema São Jorge, em Lisboa, engalanou-se no passado dia 16 de Dezembro para a ante-estreia do filme Star Wars: O Despertar da Força. O transeunte mais desatento podia estranhar a presença de tanta gente mascarada, mas certamente foram muitos os que reconheceram as várias personagens da Saga que, logo ali junto à entrada, pousavam sozinhos ou acompanhados por famosos da nossa praça, enfrentando os flashes com a bravura que só um Stormtrooper ou um Jedi conhecem. Entre a Legião 501 e o Star Wars Clube Portugal, estavam representadas as organizações existentes em Portugal de fãs de Star Wars. De igual modo, tínhamos personagens para todos os gostos - além dos stormtroopers e jedis, já aqui mencionados, havia ainda espaço para um pequeno Jawa, um Mandalorian Merc, uma adaptação de Darth Maul e outros utilizadores da força genéricos. De realçar que além destes trajes mais ou menos complexos a equipa responsável pela recepção dos convidados encontrava-se também ambientada ao Universo Star Wars, quer se tratassem dos Jedis à porta, quer das "Princesas Leias" que confirmavam quem tinha acesso à ante-estreia e que teria que esperar até à quinta-feira para ver finalmente o filme.

Se cá fora a animação era imensa, dentro do São Jorge as coisas estavam ainda mais "brilhantes". Logo no rés-do-chão daquela sala histórica da cidade Lisboeta encontrava-se um pequeno palco onde a equipa da Rádio RFM ia fazendo um pequeno relato em directo do que se ia passando. Além disso, mais flashes, mais oportunidades de foto e muitas câmaras de filmar, não se tratasse a noite de  um lançamento de um filme Star Wars. Ao subir as escadas os convidados eram recebidos logo pela equipa da NOS que permitia a quem quisesse tirar uma fotografia que era imprensa no local. A equipa da Clone TV não se fez rogada e trouxemos todos uma foto. Havia, além deste espaço da NOS, toda uma "pista" onde duas pessoas podiam competir com os droids BB-8 da Sphero. Muitos tentaram a sua sorte mas a verdade é que ali, como no filme, o droid parecia ter vontade própria e não era propriamente fácil controlá-lo.

À medida que as 21:30 se aproximavam, eram cada vez mais visíveis os mais de 800 convidados fãs do universo Star Wars que começavam a formar fila junto às portas da sala. António Raminhos, Diogo Beja, Iva Domingues, José Alberto Carvalho, Leonor Poeiras, Luís Represas, Nilton, Nuno Eiró, Nuno Markl, Paulo Pires, entre muitos outros, foram algumas das personalidades que se reuniram para assistirem em primeira mão ao novo filme de Star Wars.


(Fotos cedidas pela Disney Portugal)

Abertas as portas e ocupados os lugares, houve ainda espaço para uma enorme surpresa (quer dizer, mais ou menos uma surpresa já que os músicos foram entrando durante a recepção aos convidados): a actuação da Sinfonietta de Lisboa que deixou muito homem e mulher de lágrima no canto do olho.

Lágrima essa que se estenderia durante muitas partes do filme que passou em seguida, mas isso já fica para outro post.

Como não poderia deixar de ser, a Clone TV e a sua equipa agradecem à Disney Portugal pelo convite feito e por terem possibilitado fazer parte deste dia tão marcante para qualquer fã de Star Wars em Portugal.

[CONTÉM SPOILERS] Daniel Craig fez participação especial em Star Wars: O Despertar da Forças

No início do ano surgiu uma notícia que dava conta de uma alegada participação do actor Daniel Craig, o actual James Bond dos filmes de 007, no filme Star Wars: O Despertar Da Força.  Apesar do actor ter negado diversas vezes, a sua participação foi confirmada com o lançamento do filme na passada quinta-feira, dia 17 de Dezembro.

A história começou em Maio de 2015 quando o actor Simon Pegg, que tem também uma participação especial no filme como Unkar Plutt , revelou acidentalmente que Daniel Craig também teria feito uma participação especial vestido de Stormtrooper. Na altura, uma fonte disse que Craig teria pedido ao realizador J.J. Abrams “um papel secreto no filme, e estava feliz que seu nome não fosse creditado.”

Craig negou diversas vezes a sua possível participação, e numa entrevista para a Entertainment Weekly chegou a dizer:“Por que diabos eu faria algo do tipo, ser figurante em outro filme? Claro que não. Fale com Simon (Pegg), ele provavelmente sabe muito mais do que eu.”

Convém destacar que as gravações de Star Wars: O Despertar Da Força aconteceram ao mesmo tempo das filmagens de 007 SPECTRE nos Estúdios Pinewood, e fontes ligadas à revista ainda disseram que o actor filmou as suas cenas na mesma altura em que rodava o último filme de Bond.

Para quem ainda não viu o filme Star Wars: O Despertar Da Força, os detalhes da participação especial de Daniel Craig abaixo contém Spoilers.

Numa determinada parte do filme, Rey, interpretada pela actriz Daisy Ridley, é capturada pela Primeira Ordem e amarrada a uma cadeira para interrogatório. A personagem percebe a sua sensibilidade à Força, e tenta usar um dos famosos "Jedi Mind Tricks" num dos guardas (Stormtroppers) para conseguir libertar-se.

Rey diz ao stormtrooper que a guardava: “Irás remover estas amarras e deixar a porta desta cela aberta”. Interpretado por Daniel Craig, o Stormtrooper, responde: “Eu vou é apertar estas amarras”. Apesar de não vermos o actor em cena nem nos créditos, sua participação no filme fica clara apenas pela postura do personagem e pela voz.

A cena é uma referência a uma sequência semelhante com Obi-Wan Kenobi no filme "Uma Nova Esperança". 

E vocês que já viram o filme, aperceberam-se da participação do actor?

Livros oficiais de Star Wars: O Despertar da Força chegam às livrarias

Star Wars: O Despertar da Força já chegou às salas de cinema e tem sido imensamente aclamado por fãs e críticos. Depois de bastantes cautelas para evitar estragar a surpresa de quem fosse ao cinema, começam agora a chegar às prateleiras nacionais livros oficiais do filme dirigidos aos mais variados públicos. É o caso de três livros - dois de ficção juvenil e um de não ficção - que chegarão já às livrarias no próximo dia 23 de Dezembro, pela mão da Editora Planeta. 

Deixamos aqui mais algumas informações sobre as obras em causa:


STAR WARS  
O DESPERTAR DA FORÇA

Chegam os dois primeiros livros oficiais baseados no novo filme.
Especialmente pensado para os jovens que começam a ler e a
gostar desta fascinante saga intergaláctica.  

Novas histórias. Novos personagens. Novas emoções.


Três décadas após a derrota dos Jedi, eis que, aqui e ali, vão surgindo indícios de Resistência ao domínio absoluto da Primeira Ordem. Poderá a Força chegar a despertar?

Novas aventuras esperam a Galáxia! 

Entra na história com este livro  de 80 páginas que explica parte da história do Episódio VII - O Despertar da Força. 

80 páginas / PVP: 8,50€
Nas livrarias a partir de 23 de Dezembro



Correm tempos obscuros para a galáxia.
Os exércitos da Primeira Ordem preparam uma grande guerra, e os poucos que se lhes opõem agrupam-se na chamada Resistência. 

Capa dura 

32 páginas / PVP: 7,70€
Nas livrarias a partir de 23 de Dezembro 

-------------------------------

STAR WARS
O Despertar da Força 
Phil Szostak 
Prefácio: Rick Carter 


Numa iniciativa sem precedentes, entre pela primeira vez no departamento de arte da Lucasfilm e descubra os mundos fantásticos, as personagens inesquecíveis e as criaturas inimagináveis de um dos filmes mais aguardados da história

Um livro, com capa dura e sobrecapa, com um autor de excepção, que testemunha in loco todo o processo criativo do filme. 

Todos os pormenores do making off de O Despertar da Força, desde a formação das equipas iniciais, à contratação de artistas e desenhadores na sede da LucasFilm e nos Pinewood Studios.  

Vai ser possível acompanhar a fase de produção da Industrial Light & Magic, pela primeira vez com uma proximidade sem precedentes.
Phil Szostak trabalhou como arquivista de imagem na Lucas Film desde 2012 até o fim da produção do novo filme. 
Rick Carter o que prefaciou a obra, também fez parte da equipa da Lucasfilm e é um reputado desenhador de produção vencedor de dois óscares de Hollywood. 

 Sobre o autor 

O arquivista de imagem Phil Szostak trabalhou no departamento de  arte de O Despertar da Força como pesquisador e arquivista desde Dezembro de 2012 até ao fim da produção e colaborou com o departamento de arte de Star Wars durante seis anos na LucasFilm Ltd. Licenciado pela School of Visual Arts de Nova Iorque.

O produtor de desenho Rick Carter ganhou dois Oscares da Academia, um pela obra Lincoln de Steven Spielberg e outro pela fantástica produção de James Cameron, Avatar. 

Informação técnica

264 páginas / PVP: 44€    
Nas livrarias a partir de 23 de Dezembro

terça-feira, 15 de dezembro de 2015

Star Wars: como usar o filtro na sua foto de perfil no Facebook

O Facebook disponibilizou recentemente uma ferramenta para comemorar a chegada do filme Star Wars: O Despertar da Força no dia 17 de Dezembro. A ferramenta permite que os usuários mudem as fotos de perfil e adicionem um sabre de luz da saga. Podem escolher se querem a arma de cor azul, que será usada pelo personagem Finn (pelo menos aparentemente), ou a de cor vermelha, do vilão Kylo Ren.

Para aplicar o filtro na vossa foto é muito simples. Basta acessar à página oficial do filme (facebook.com/starwars) ou aguardar que um amigo active a foto personalizada. Abaixo da imagem, cliquem no botão "Experimente". Na janela que abrir, poderão escolher se querem o sabre de luz Jedi ou do vilão, escolher uma outra foto de perfil e ajustar o tamanho da imagem. Para terminar, cliquem em “Usar como foto de perfil”.



Fonte: techtudo.com.br

Estreia de Star Wars: O Despertar da Força - Carpete Vermelha


O muito antecipado “Star Wars: O Despertar da Força”, sétimo filme da saga da Guerra das Estrelas, teve esta segunda-feira a estreia mundial em Hollywood, antes de se espalhar pelos cinemas do resto do planeta.

Os fãs, que marcaram presença vestidos a rigor, não esconderam a emoção de ver regressar ao grande ecrã as estrelas que interpretaram a primeira longa metragem, lançada em 1977.

Vejam a galeria de fotos no nosso Facebook, seguindo o link em baixo:

O muito antecipado “Star Wars: O Despertar da Força”, sétimo filme da saga da Guerra das Estrelas, teve esta...
Publicado por Clone TV - Star Wars VideoCast em Terça-feira, 15 de Dezembro de 2015
Em Portugal, a força “despertará” na quinta-feira no grande ecrã.

Conheçam as novas personagens da Saga!


Se já estavam com saudades das piadas de Han Solo e dos grunhidos de Chewbacca, então preparem-se: o novo episódio da Guerra das Estrelas, com estreia marcada para dia 17 de dezembro, irá fazer regressar algumas das personagens mais queridas do fãs da saga de ficção científica - Luke Skywalker, Leia Organa, o irreverente Han Solo e o seu eterno companheiro, Chewbacca. Nem os robôs C-3PO e R2-D2 irão faltar.

Para além dos suspeitos do costume, o filme, que se passa 30 anos depois da batalha que deu a vitória à Aliança Rebelde, irá também dar a conhecer novas personagens. As mais importantes foram apresentadas em maio deste ano e, ao longo dos meses que se seguiram, apareceram alguns pormenores sobre as suas vidas. Outras, menos importantes, foram sendo descobertas pelos fãs a partir do novo merchadising da saga, que entretanto foi posto à venda.

Apesar de a poucos dias da estreia de O Despertar da Força muitas dúvidas permanecerem (naturalmente) no ar, as informações divulgadas até agora ajudam a compreender o que podemos (e devemos) esperar do episódio VII daquela que é a mais famosa saga de ficção científica de todos os tempos. E quem são as suas personagens, claro.
starwars-personagens-finn


Finn começa por ser um um membro da Primeira Ordem (First Order, na versão inglesa), uma organização militar inspirada no antigo Império Galático. Porém, por razões que permanecem desconhecidas, Finn acaba por abandonar a sua posição de stormtrooper, uma vez que já não existe nada “porque valha a pena lutar”. Mais tarde, despenha-se no planeta desértico de Jakku, onde conhece uma das personagens principais de O Despertar da Força — Rey.

Imagens de promoção do novo episódio, mostram o antigo stormtrooper a segurar o sabre de luz que pertenceu a Anakin Skywalker e, mais tarde, a Luke Skywalker. As fotografias e trailers levaram muitos fãs a especular que, no decorrer da nova trilogia, Finn poderá vir a tornar-se num guerreiro jedi.

Personagem interpretada por: John Boyega
starwars-personagens-rey

Pouco se sabe sobre Rey. Filha de pais desconhecidos, a jovem cresceu no planeta desértico de Jakku, uma grande lixeira repleta de escombros deixados pela Batalha de Jakku (entre o Império e a Aliança Rebelde), onde foi deixada quando tinha cinco anos.

Para sobreviver, Rey dedica-se à recolha e venda peças de ferro-velho. Porém, à medida que a Primeira Ordem vai ganhando força, decide deixar para trás a vida de sucateira e juntar-se à resistência. Apesar de não se saber ao certo que papel irá desempenhar na luta contra os vilões, espera-se que a jovem se torne num dos elementos principais das forças da resistência.

À semelhança de Finn, o apelido de Rey também não foi divulgado. Em entrevista à Entertainment Weekly, J.J. Abrams, realizador do novo episódio, revelou que a omissão é “completamente intencional”.

Personagem interpretada por: Daisy Ridley.
starwars-personagens-poedameron

Poe Dameron é um dos membros da nova resistência. Piloto talentoso, é líder do Black Squadron, um esquadrão de naves T-70 X-Wings que lutam contra as forças da Primeira Ordem. De acordo com omerchandising da saga, o seu nome de código é “líder negro”.

Personagem interpretada por: Oscar Isaac.

Entre as novas personagens de O Despertar da Força inclui-se BB-8. O nome do robô foi escolhido por J.J. Abrams durante a fase de desenvolvimento do novo episódio e, ao contrário de muitos outros, nunca chegou a ser alterado. À revista Entertainment Weekly, o realizador explicou que chamou ao robô “BB-8 porque era quase uma onomatopeia”. “Era como me parecia ser — com um 8, obviamente, seguido de dois Bs”, salientou Adams.

Segundo o site de cinema Screen Rat, alguns rumores sugerem que o robô poderá estar na posse de uma importante peça de tecnologia jedi, que estará a ser procurada pela Primeira Ordem. Porém, uma coisa parece certa: BB-8 acaba nas mãos de Rey, que o liberta das garras de Teedo, uma luggabeast originária de Jakku. A informação foi confirmada pelo próprio J.J. Abrams, ficando apenas por explicar o que é, afinal, uma luggabeast.
starwars-personagens-ryloken

No episódio VII, o mau da fita é Kylo Ren. Membro dos Cavaleiros de Ren, um grupo criado depois da Batalha de Endor e do fim do Império Galático, e aliado da Primeira Ordem, liderada por um poderoso vilão conhecido por Snoke, Ren tem como objetivo destruir todos os jedi e terminar o que Darth Vader começou.

Quando a personagem foi revelada, muitos fãs pensaram tratar-se de outro guerreiro sith, semelhante ao Darth Maul do episódio I. Porém,J.J. Abrams esclareceu que Kylo Ren não é exatamente um sith, mas antes um guerreiro sensível à Força que ainda não domina por inteiro os poderes do lado negro. Apesar disso, as imagens divulgadas mostram Ren armado com um sabre de luz vermelho, em forma de cruz.

Personagem interpretada por: Adam Driver.

Outras personagens do lado negro da Força

Entre as personagens do novo filme, encontram-se ainda três nomes ligados à Primeira Ordem: o General Hux, a Capitã Phasma e o Líder Supremo Snoke.

Pelas imagens divulgadas, Hux parece ser uma espécie de Moff Tarkin, o comandante da Estrela da Morte dos primeiros três filmes. O general, interpretado pelo ator Domhnall Gleeson, é o responsável pela Base Starkiller, o quartel-general da Primeira Ordem, localizado num planeta gelado das Regiões Desconhecidas.

A Capitã Phasma é o líder da nova geração de stormtroopers, à qual Finn começou por pertencer. Pouco se sabe da personagem, que será interpretada por Gwendoline Christie, uma atriz britânica que ficou conhecida pelo papel de Brienne, na série A Guerra dos Tronos. Os primeiros rumores referiam que Phasma poderia ser uma espécie de caçador de jedi, ou então um soldado enviado para matar Finn, depois de este desertar da Primeira Ordem.

Em entrevista à Entertainment Weekly, J.J. Abrams explicou que o nome “Phasma” foi inspirado na bola assassina (e cromada) do filme de terror Phantasm (1979). “Chamei-lhe ‘Phasma’ por causa do incrível design cromado feito pela equipa de guarda-roupa do Michael Kaplan. Fez-me lembrar da bola do Fantasma, e então pensei ‘Phasma soa mesmo bem'”, contou o realizador.

Snoke é o líder da Primeira Ordem e o novo mestre sith da saga Guerra das Estrelas. A personagem será interpretada por Andy Serkis, o Sméagol/Gollum da trilogia O Senhor dos Anéis.

Ilustrações por Andreia Reisinho Costa.

sábado, 12 de dezembro de 2015

Sabre de Kylo Ren: a anatomia de um lightsaber


Faltam poucos dias para a estreia de Star Wars: O Despertar da Força e o lightsaber de Kylo Ren continua a ser motivo de bastante expectativa. A arma criada com base em cristais apresenta um design bastante diferente dos sabres tradicionais, inovando com lâminas mais flamejantes e com o formato em "cruz", dividindo a energia da lâmina principal com duas menores, formando uma guarda-de-mão no punho. 

A construção de um sabre de luz é uma arte milenar, passada de um mestre Jedi para o seu pupilo - “padawan” - como parte de seu treino. Por essa razão, as formas internas e externas de cada arma podem variar, mas o mecanismo básico permanece praticamente igual,e apresenta os seguintes elementos-chave:

Bateria de DIATIUM

Dispositivo do tamanho de uma pequena pilha, capaz de armazenar e gerar energia suficiente para que a lâmina possa derreter uma porta de aço puro.

Câmara do cristal

Este é o coração do sabre de luz e depende de, pelo menos, dois cristais. O cristal primário converte a energia da bateria e transfere-a para um ou mais cristais de focalização.

Canal de energia da lâmina

O fluxo de energia do cristal de energia é convertido num arco de onda que se transforma na lâmina após passar pelos "energizadores" de campo cíclico.


O lightsaber de Kylo Ren

Se tivermos que especular sobre a arma do novo filme, acreditamos que ela apresenta uma câmara secundária no alto do punho, a que chamamos de "prisma de distribuição de energia", onde um terceiro cristal faz a divisão da carga proveniente da câmara dos cristais em três canais de lâminas que contam com anéis magnéticos e emissores próprios.

Todas as partes internas do sabre de luz e suas funções podem ser melhor vistas no infográfico que ilustra o assunto e que se encontra no topo deste post!

Fonte: TECMUNDO

quinta-feira, 10 de dezembro de 2015

Star Wars 1313 ainda pode vir a ser uma realidade.


Depois de ter sido anunciado antes da E3 2012 e de em Março de 2013 uma fonte ter afirmado que o desenvolvimento tinha parado, Star Wars 1313 pode receber um novo sopro de vida.

Kathleen Kennedy, presidente da Lucasfilm, afirmou em declarações ao Slashfilm que “não queremos deitar ao lixo nada daquilo. É ouro. E é algo em que estamos a gastar muito tempo a olhar, a pensar, a discutir, e podemos muito bem desenvolver mais daquilo. Definitivamente queremos fazê-lo.”

Se o desenvolvimento continuar, resta saber se será na mesma um jogo de acção na terceira pessoa e se terá o mesmo nome, uma vez que em Abril de 2013 foi anunciado que 1313 tinha sido "retrabalhado" para ser um jogo baseado em Boba Fett, antes do estúdio fechar.

O mais recente jogo baseado em Star Wars foi o título Battlefront.

Capitã Phasma de Star Wars: O Despertar da Força era originalmente para ser Capitão Phasma!

Captain Phasma, de Star Wars: O Despertar da Força, foi originalmente concebido como um homem, e a atriz Gwendoline Christie não fazia ideia.


Em conversa com o Vulture, Christie ficou surpreendida ao ouvir que a Captain Phasma seria, inicialmente, interpretado por um homem. Quando o filme foi anunciado, uma das imagens lançadas com o elenco e realizador continha poucas actrizes em novos papéis. Alegadamente, quando a imagem surgiu, J.J. Abrams e Lawrence Kasdan (veio substituir o escritor Michael Arndt) decidiram efectuar uma enorme mudança a Captain Phasma.

Gwendoline Christie, conhecida pelo seu trabalho em Game of Thrones na pele de Brienne of Tarth, ficou bastante contente com esta decisão. A actriz comentou também da importância do personagem, bem como o design da armadura ser "inteiramente funcional" e não "sexualizada."

"Lembro-me a primeira vez que a vi, disse 'Wow' - Não pelo simples facto de ser visualmente incrível, mas porque pensei, Isto é algo novo," disse a actriz.

Christie falou recentemente sobre os desafios que encontrou no seu personagem, afirmando que o trabalho como Brienne of Tarth a preparou para Captain Phasma.

Fonte: pt.ign.com